Lentes para câmeras de vídeo em rede

Conclusão

  • Aplicações diferentes muitas vezes são melhor atendidas com a seleção de um tipo de lente específico, por exemplo, uma lente com foco fixo ou uma lente com zoom que oferece vários campos de visão sem necessitar de reajuste no foco.
  • Uma íris pode ser fixa ou ajustável e, no último caso, o controle pode ser manual ou automático.
  • O controle de íris automático (DC-iris ou íris de vídeo) é feito usando-se o nível de luz para enviar um sinal para o motor que controla a íris. Uma P-iris usa o mesmo princípio, mas também envolve o uso de software especial para proporcionar um controle muito preciso, bem como para evitar que a íris feche muito longe.  
  • As montagens C e CS são os padrões mais comuns hoje em dia para câmeras de rede.
  • A lente i-CS contém informações sobre suas próprias propriedades, as quais são lidas e usadas pela câmera para otimizar a qualidade da imagem e para remover distorções de barril e corrigir vídeo instável.
  • A lente i-CS é um grande avanço na tecnologia de lentes, oferecendo métodos para controle automático do foco e abertura da íris. A comunicação entre a lente e a câmera usa um protocolo livre, permitindo que outros fabricantes desenvolvam lentes e câmeras compatíveis.