Axis Communications web history

Momentos que nos definiram

Redes inteligentes

Em 1984, Mikael Karlsson, Martin Gren e Keith Bloodworth fundaram a Axis com o objetivo de mudar a maneira como as pessoas usam e pensam em dispositivos digitais. Isso marcou o início do nosso compromisso de criar um mundo mais inteligente e seguro. Na época, a ideia de usar a tecnologia de rede para conectar dispositivos (originalmente servidores de impressão, armazenamento e digitalização em rede) e torná-los inteligentes era novidade. Chamamos isso de Tecnologia ThinServer. Hoje, é o que conhecemos como Internet das Coisas (IoT).

Regras básicas

Decidimos desde cedo trabalhar apenas com padrões abertos e evitar protocolos proprietários para aumentar a escalabilidade e gerar economias consideráveis em custos de equipamentos – e consumo de energia.

Também sabíamos desde o início que, para expandir a inovação e resolver desafios complexos, duas cabeças pensam melhor que uma. Por isso, estabelecemos um modelo estrito de distribuição em dois níveis para todo o nosso portfólio baseado em abertura e fidelidade. E continuamos criando programas e fóruns para parcerias técnicas e de vendas, às vezes abertos até mesmo para a participação de nossos concorrentes.

Olhos abertos

Usando nossas habilidades em rede e nossa imaginação, tivemos a ideia de conectar uma câmera à rede. Em 1996, lançamos a primeira câmera de rede do mundo, a AXIS Neteye 200. A partir desse momento, pessoas com conexão à Internet puderam assistir ao que estava acontecendo em qualquer lugar do mundo. E, para aqueles que já tinham uma grande instalação de sistemas de CFTV, criamos codificadores de rede para que eles também pudessem ter acesso à mais recente tecnologia IP.

Qualidade dentro de casa

Enquanto estávamos desenvolvendo nossas primeiras câmeras de rede, não havia mercado para chipsets de processamento de imagem. Tomamos a decisão estratégica de projetar nossos próprios chips e adaptá-los para fins de segurança de vídeo.

O Axis Real Time Picture Encoder (ARTPEC) nasceu e poderia suportar as funcionalidades de processamento de imagem, compactação, análise de vídeo e rede de maneira otimizada. Usando nosso próprio chipset, conseguimos dominar o gerenciamento de luz e streams em nossos produtos.

Aberto desde o núcleo

Nossas AXIS 2100, as primeiras câmeras de rede a usar o ARTPEC-1, também foram revolucionárias por causa de seu firmware interno baseado em um sistema operacional incorporado completamente novo, hoje conhecido como Linux embarcado. Para permitir o desenvolvimento rápido e eficiente de um portfólio de produtos, optamos por descartar o RTOS (sistema operacional em tempo real) proprietário e usar o μClinux, o qual acreditávamos ser o ideal para o crescimento da Axis. O AXIS 2100 foi o primeiro produto produzido em massa no mundo a utilizar Linux embarcado e nos ajudou a estabelecer um novo padrão consistente para a nossa linha de produtos.

Adicionando novas dimensões

No início dos anos 2000, com mais de 1.000.000 produtos de vídeo em rede instalados, analisamos mais profundamente como nossos produtos foram integrados em soluções de vídeo e como eles estavam interagindo com outros sistemas de segurança.

Começamos a desenvolver novas peças dessas soluções e transformamos mais dispositivos analógicos em IP. Tudo para otimizar a segurança e o desempenho comercial de nossos clientes, assegurando ao mesmo tempo que nossas soluções fossem tão simples e amigáveis quanto possível – da instalação à operação.

Essa nova missão nos transformou em um dos principais especialistas em segurança cibernética para sistemas de vigilância em rede. Esforçamo-nos para apoiar nossos clientes na avaliação de riscos e consequências para que eles possam adotar as medidas apropriadas na proteção de sua infraestrutura e dados.

Durante a nossa mais recente fase de expansão, a Canon fez uma oferta pública aos acionistas da Axis e tornou-se proprietária majoritária em 2015. A Axis continua a operar como uma empresa independente, com foco no fortalecimento de suas próprias operações. Juntamente com a Canon, trabalhamos de maneira sistemática e focada para lidar com os riscos de sustentabilidade e aumentar a conscientização sobre eles.

A sustentabilidade é uma preocupação de longa data da Axis. Em 2007, tornamo-nos signatários dos dez princípios do Pacto Global da ONU, que são a base da nossa estratégia de sustentabilidade. Essa estratégia e nosso trabalho nessa área são compartilhados em um relatório público anual desde 2010. A Axis assume responsabilidade econômica, social e ambiental de longo prazo pela forma como nossas operações afetam nossos stakeholders e agimos de acordo com nossos valores de forma ética, responsável e transparente em nossos relacionamentos comerciais.