Analíticos de detecção de fumaça em câmeras protegidas à prova de explosão: segurança onde mais se precisa

Article
August 15, 2022
“Onde há fumaça, há fogo”. O sentido literal deste ditado popular pode ser bastante valioso para a segurança: a fumaça é um aviso prévio de que algo muito mais sério pode acontecer caso o problema não seja resolvido rapidamente. Seja em qualquer ambiente – dos espaços públicos aos armazéns, dos estádios de futebol às fábricas – é óbvio dizer que a própria fumaça e, certamente, o incêndio que se segue, representa um sério risco para a vida humana, sem falar nos danos que pode causar aos edifícios e propriedades.

Por Sergio Fukushima, Business Development Manager da Axis Communications

Contudo, a situação se agrava naqueles ambientes em que, o menor incêndio e até mesmo uma faísca pode causar uma explosão catastrófica. Nesses locais, uma reação rápida é absolutamente essencial. Nesse sentido, câmeras de rede modernas combinadas com análise avançada de imagens podem ser usadas para detectar possíveis sinais de fumaça ou fogo em diferentes cenários de maneira rápida e inteligente, proporcionando um tempo valioso quando comparado aos métodos tradicionais de detecção de fumaça.

Uma camada adicional de segurança

É importante ressaltar que a análise de detecção de fumaça incorporada em câmeras de vigilância não substitui sensores e alarmes obrigatórios de detecção de fumaça e incêndio. No entanto, este recurso soma uma camada adicional de segurança a essas áreas – ou pode ser aplicado em zonas em que a detecção de fumaça e incêndio não é obrigatória, mas que necessitam estar resguardadas.

De maneira prática, a análise de detecção de fumaça - que também é capaz de detectar os estágios iniciais do incêndio, mesmo sem fumaça - pode fornecer o alerta precoce para a equipe de segurança e/ou brigada de incêndio para que consigam alertar as autoridades responsáveis com antecedência o suficiente para que um pequeno incidente não se transforme em uma catástrofe.

Diminuindo os riscos de ignição

As câmeras com proteção à prova de explosão são projetadas para evitar que o próprio equipamento cause a explosão do ambiente potencialmente combustível ao redor. Sendo assim, faz sentido estes cenários também possam contar com analíticos avançados capazes de ajudar a identificar outras possíveis fontes de ignição o mais cedo possível. Com a análise de detecção de fumaça incorporada à câmera, adiciona-se mais uma camada de identificação de riscos.

Normalmente, os provérbios se tornam provérbios porque são baseados em verdades fundamentais. Neste caso, identificar a fumaça o mais cedo possível é a maneira mais eficaz de prevenir um incêndio e os danos que o acompanham.

Fabiola Villagomez
Para mais informações, entre em contato com: Fabiola Villagomez, Senior Coordinator Marketing Communications LATAM, Axis Communications
Telefone 55 10 482 287